Resenha literária

O diário de Anne Frank

 Hoje eu vim compartilhar um livro que li  e que me tocou imensamente. O livro em questão é O diário de Anne Frank. 

 O livro não é só um simples relato de uma adolescente vivendo as angústias da guerra, é um relato de uma amiga. Sim, ela acabou se tornando uma amiga. 

   Uma amiga que mesmo sem conhecer me ensinou muita coisa. Me ensinou que a melhor maneira que a gente tem para entender nossos sentimentos é escrever. Aprendi que há jovens mais maduros que muitos velhos por aí, a maturidade não depende da idade. E aprendi também que precisamos nos manter firmes aos nossos ideais apesar das opiniões alheias. 

  Enfim, Anne foi uma amiga que me ensinou tanto. ​

12 de junho de 1942- 1° de agosto de 1944. Ao longo deste período, a jovem Anne Frank escreveu em seu diário toda a tensão que a família Frank sofreu durante a Segunda Guerra Mundial. Ao fim de longos dias de silêncio e medo aterrorizante, eles foram descobertos pelos nazistas e deportados para campos de concentração.  Anne inicialmente foi para Auschwitz, e mais tarde para Bergen- Belsen. A força da narrativa de Anne, com impressionantes relatos das atrocidades e horrores cometidos contra os judeus, faz deste livro um precioso documento. Seu diário já foi traduzido para 67 línguas, e é um dos livros mais lidos do mundo. Ele destaca sentimentos, aflições e pequenas alegrias de uma vida incomum, a transformação da menina em mulher, o despertar do amor, a fé inabalável na religião e, principalmente, revela a rara nobreza de um espírito amadurecido no sofrimento. 

 Alguém já leu esse livro? 

Anúncios
Filmes e séries

3 filmes que marcaram a minha vida

 Hoje eu vim compartilhar com vocês três filmes que marcaram a minha vida, sejam eles pelo roteiro, direção, fotografia ou trilha sonora. 


O primeiro deles é o filme 500 dias com ela.  O filme conta a história de Tom, um jovem escritor de cartões comemorativos que se apaixona pela nova assistente do seu chefe,  Summer.

  Summer é uma garota que não acredita no amor ao contrário de Tom. Os dois acabam se relacionando, porém o relacionamento perde o seu encanto e os dois terminam.

  No decorrer do filme Tom relembra dos 500 dias que passou ao lado de Summer.  Quando o relacionamento termina, Tom acaba ficando mal por um tempo, até que descobre o verdadeiro significado da sua vida e vai em busca dos seus sonhos e de um novo amor. 

Algumas pessoas estão destinadas a se apaixonarem uma pela outra, mas isso não significa que elas estão destinadas a ficarem juntas.


Outro filme que tem o meu amor é o filme O fabuloso destino de Amélie Poulain. O filme conta a história de Amélie uma garota tímida que vive em Paris. 

  Amélie vive uma vida simples, sem grandes emoções. Entretanto, tudo acaba mudando quando Amélie acha uma velha caixa em seu apartamento. A busca pelo antigo dono da caixa mudará a perspectiva de sua vida. 

São tempos difíceis para os sonhadores. 


 E por último mas não menos importante está o filme Brilho eterno de uma mente sem lembranças.  O filme conta a história do casal Joel e Clementine que durante anos tentaram fazer com que o relacionamento desse certo.  

Desiludida, Clementine decide esquecer Joel para sempre.  Para isso ela decide se submeter a um tratamento experimental,  que retira da sua memória os momentos em que viveu com Joel. Ao saber disso,  Joel entra em depressão, por ainda estar apaixonado por alguém que quer esquecê-lo.

 Para superar isso,  ele decide se submeter ao mesmo tratamento.  Porém,  Joel acaba desistindo da idéia de esquecê- la e começa a encaixar Clementine em momentos de sua memória dos quais ela não participa.

Abençoados os que esquecem, assim eles superam os seus erros. 

E aí, qual filme marcou a vida de vocês? 

Dica de viagem

Um passeio de balão

 Sempre gostei de viajar, e acho incrível esse lance de ir para um outro lugar conhecer uma nova cultura, pessoas e suas histórias.  Por isso vou escrever aqui no blog de lugares que conheci e outros que gostaria de conhecer. 

  O primeiro deles foi um passeio de balão que fiz com alguns amigos.  O passeio foi realizado na cidade de Campo Largo no Paraná.  Saímos de Joinville às 5:00 da manhã,  pois algumas pessoas iam voar bem cedo,  logo ao nascer do sol. 

  Quando chegamos lá algumas pessoas foram voar de balão, os demais iriam voar a tarde ( inclusive eu).

  Quando o pessoal terminou de voar fomos almoçar.  Almoçamos em um restaurante na BR e fomos conhecer um parque ( não me lembro o nome desculpe hahaha).

  De tarde voltamos para Campo Largo para voar de balão,  estava ansiosa para voar e ver o por do sol lá do alto. 

  Enquanto estavam organizando para voarmos com o balão, aproveitamos para tirar fotos.  Tiramos fotos até dentro do balão. 

​  O vôo durou cerca de uma hora.  Após o vôo tomamos café e brindamos com champanhe. 

​   Esse foi um dos melhores dias da minha vida.  Sempre fui apaixonada pelo céu.  Voar faz com que eu me sinta como um passarinho. 

​  Qual foi a viagem mais inesquecível de vocês ?


Achei por aí

Cenários em miniaturas

  Oi gente tudo bom ? Hoje quero apresentar um achadinho que vi por aí. 

 O achadinho são os cenários em miniaturas feitos pela Flavia Barcelos. 

 Ela já fez cenários como do String thing,  Friends, Breakin Bad, Harry Potter,  How i met your mother, it, Grey’s anatomy.

  Esses são alguns de seus trabalhos. 

​     E aí gostaram? 

      Beijos e até o próximo post. 

Jornalista solidária

Malala found

​  Nessa categoria do blog eu sempre escrevo sobre algum projeto social, mas hoje vai ser um pouco diferente. 

  Hoje foi falar ou melhor escrever sobre uma fundação e a pessoa que criou ela. 

 A fundação foi criada pela Malala e leva o nome de Malala found. Foi criada em 2012 com a intenção de que as meninas da sua região tenham acesso a educação. 

   Malala sempre defendeu o direito das meninas a educação, e por conta disso já sofreu atentados e ameaças. Mas nem por isso ela parou de lutar.  Ela continua lutando pela causa e acredita que a educação pode mudar o mundo. 

  Os livros e as canetas são as nossas armas mais poderosas.  Um livro e uma caneta podem mudar o mundo. – Malala

  Ela é uma inspiração pra mim pelo fato de lutar pelos seus ideais mesmo que ninguém acredite ou seja contra.

 E aí quem inspira vocês? 

Texto

Somos como borboletas


Foto : Isabela Freitas
  

Nós somos como borboletas, vivemos em constante metamorfose.

Não somos as mesmas pessoas que eramos a um tempo atrás. Somos outras. Pois evoluimos com o tempo, mudamos a cada segundo. Mudamos de idéia,  mudamos de roupa, mudamos de opinião, mudamos.

  Às vezes ficamos com receio de mudar. Ficamos com medo de não nos conhecemos mais. Eu era assim.  Mas o tempo foi me mostrando que dá para mudar sem perdemos nossa essência. 

 A gente muda com o tempo e isso é bom.

   A gente precisa mudar, a gente precisa ver as coisas com um novo olhar. A gente percebe com o tempo que aquela pessoa com que o nosso santo não batia pode ser uma pessoa legal, que aquela música que adoramos ouvir pode não ser tão boa assim e que aquele filme que achamos um simples filme clichê pode ser um filme maravilhoso. 

  A gente muda e que bom que a gente muda.

Resenha literária

Outros jeitos de usar a boca

  Oi gente eu estava doida pra ler esse livro e gostaria de compartilhar com vocês.  O livro em questão é o Outros jeitos de usar a boca. 

  Ele é um livro de poesia escrito por Rupi Kaur, e é constituído em 4 partes: a dor, o amor, a ruptura e a cura.

​   Rupi Kaur é uma escritora indiana que vive no Canadá, e usa a poesia, a ilustração, o design, a fotografia e os vídeos como forma de se expressar. 

​    O livro foi publicado em novembro de 2014, com o título de Milk and Honey – sendo editado aqui no Brasil como Outros jeitos de usar a boca.

  

  E aí alguém já leu ? Beijos e até o próximo post.